Criar uma Startup: 8 passos essenciais

Blog / Empreendedorismo / Criar uma Startup: 8 passos essenciais
Criar uma Startup: 8 passos essenciais

Uma startup é uma empresa inovadora, com grande potencial de crescimento. Uma ideia brilhante é o primeiro passo, mas não é o suficiente para criar uma startup, por isso listamos algumas etapas fundamentais para transformar a sua visão num negócio bem sucedido.

Etapas na Criação de Uma Startup

Estes são alguns pontos relevantes na criação de uma startup:

1. Desenvolva a ideia

Tudo começa com uma boa ideia, com uma solução inovadora para um problema ou necessidade existente no mercado. Mas tem de concretizar a ideia, transformá-la numa solução ousada, criativa e prática, que responda diretamente a um desejo/necessidade de potenciais clientes.

Utilize a técnica do brainstorming para gerir as ideias, problemas e soluções. Inspire-se em empreendedores ou startups existentes, analisando a forma como nasceram e evoluíram. Consulte a nossa sugestão de livros inspiradores sobre empreendedorismo.

2. Invista em Formação

Avalie bem os seus pontos fortes e os aspetos que precisam de melhoria, ao nível pessoal e profissional. Assim, facilmente percebe quais as skills de empreendedor que precisa desenvolver e aposte em mentoria e formação. Confira as nossas dicas para ter sucesso profissional!

Invista também na formação dos colaboradores, especialmente em conteúdos relevantes para o desenvolvimento das funções. Capacitar os trabalhadores permite poupar com novos recrutamentos e diminuir a rotatividade da startup.

3. Crie um Plano de Negócios

O plano de negócios é um mapa que vai estruturar e orientar o negócio. Permite planear o futuro da startup com segurança, simulando cenários favoráveis e desfavoráveis.Também é uma excelente ferramenta de apresentação da empresa a possíveis investidores, como bancos, sociedades de capital de risco e mesmo investidores particulares.

Embora seja importante que o plano seja bem elaborado, no início, concentre-se no essencial: que tipo de capital possui, onde vai obter lucro, qual a concorrência existente e qual a estratégia que vai utilizar para projetar a sua ideia. Saiba mais como elaborar um bom plano de negócios.

4. Pense no Financiamento

Normalmente criar uma startup implica investimento inicial. Mas como obter o dinheiro necessário para dar asas a um projeto inovador? Existem diversos apoios ao empreendedorismo, listamos algumas ideias:

  • Bootstrapping - investimento com recursos próprios;
  • Crowdfunding - financiamento coletivo;
  • Investidores - pessoas que investem dinheiro em troca de participação na empresa;
  • Startup Portugal (Estratégia Nacional de Empreendedorismo) - disponibiliza instrumentos de financiamento e  medidas fiscais. Consulte todas as informações sobre o StartUP Voucher.

5. Encontre os Profissionais Certos

Esta é uma etapa fundamental, pois é pouco provável que, como empreendedor, consiga fazer tudo o que é necessário para criar uma startup. É importante encontrar parceiros e colaboradores com skills relevantes para o negócio.

Encontre profissionais em sites de emprego, no linkedin, junto da sua rede de contactos. Encontrar as pessoas certas, em quem pode delegar tarefas, é essencial para lançar uma startup bem sucedida. Conheça as estratégias para contratar os melhores profissionais.

    6. Escolha um Local Físico

    Ter um espaço implica, normalmente, um grande investimento. Por isso, um dos locais ideais para iniciar uma startup pode ser um espaço de coworking, devido aos custos escaláveis, capacidade de aumento de área útil de trabalho e networking. Conheça as vantagens e desvantagens de um espaço de coworking.

    Um espaço físico permite definir e criar a cultura própria da startup, a sua identidade, a forma como vai estar organizada em termos de hábitos, crenças, valores e comportamentos. Quando a cultura organizacional é positiva, a startup vai destacar-se das restantes, passando a ser reconhecida pelos colaboradores, clientes e público em geral. Veja as dicas para criar uma cultura positiva!

    7. Invista em Marketing

    O marketing é fundamental para desenvolver a startup. Utilize, desde o início, uma estratégia omnichannel que permite utilizar todos os canais de comunicação de forma interligada, criando diferentes pontos de contacto entre a startup e os possíveis clientes.

    Comece por utilizar métodos de promoção disponíveis gratuitamente e mais tarde aposte em ferramentas pagas. Ter um site institucional, criar presença nas principais redes sociais ou alimentar um blog com conteúdo relevante são excelentes ideias para começar! Saiba como criar uma página profissional no Facebook e no Instagram.

    8. Aposte em Ferramentas

    Utilizar as ferramentas certas, que trazem real benefício às necessidades da startup, é fundamental:

    • Precisa de calcular a rentabilidade do negócio? Pode utilizar uma folha de Excel.
    • Necessita de redigir documentos? Recorra ao Google Drive.
    • Quer usar fotografias de qualidade sem investir muito? Opte por bancos de imagens gratuitas.
    • Vai faturar? Escolha o Vendus, programa de faturação online que se adapta ao seu negócio.
    • Quer criar uma loja online? Vendus Go é uma solução simples e prática!


    Software de Faturação e POS desde 4€/mês sem limites.
    30 Dias Gratuitos sem compromisso!

    Sobre o Vendus

    O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.