Como Vender Artesanato Legalmente?

Blog / Empresas / Como Vender Artesanato Legalmente?
Como Vender Artesanato Legalmente?

O artesanato é uma atividade reconhecida no mercado português, por isso, se é artesão e quer vender a sua arte este é o artigo certo para si! Descubra o que é preciso para vender artesanato legalmente em Portugal e como comercializar a sua arte online!

O que é Artesanato?

O artesanato é o trabalho realizado pelo artesão que cria objetos utilizando as mãos como principal ferramenta de trabalho. Normalmente, engloba diversas etapas, desde a procura da matéria-prima, até à realização das peças de arte e terminando na venda local ou online.

Como é uma forma de expressão que contribui para a construção da identidade, o artesanato é um reflexo das tradições culturais de determinada cultura, por isso é muito importante em termos pessoais e sociais. Também é especialmente relevante em termos económicos, pois, a sua produção e consequente venda estimula a economia local de uma determinada zona.

O que é Preciso para Vender Artesanato?

Escolher o produto que vai vender, perceber como os outros artesãos promovem o seu produto, estudar o tipo de artesanato mais vendido, são algumas das coisas que poderá fazer para vender bem as peças que pretende.

1. Defina o Tipo de Artesanato

Pesquise o que já existe no mercado ou o que poderá faltar (pode preencher a lacuna existente). Analise os concorrentes e visite locais de venda ambulante, feiras de artesanato ou lojas de artesanato. Crie produtos únicos, mas que sejam vendáveis, ou seja, artigos que as pessoas procuram.

2. Faça um Plano de Negócios

Avalie quanto custa implementar o tipo de venda de artesanato que pretende. Identifique o investimento inicial necessário, os custos associados e as despesas. Considere contratar um contabilista para o auxiliar em todas as questões financeiras e fiscais. Assim, assegura-se que cumpre todas as obrigações fiscais e legais existentes. Saiba como fazer um bom plano de negócios.

3. Financie o seu Negócio de Artesanato

Caso não tenha capacidade monetária suficiente para financiar os produtos da sua criatividade, poderá ter de recorrer a financiamento:

  • Crédito bancário - consulte os diversos bancos e analise cuidadosamente as suas propostas;
  • Microcrédito - financiamento alternativo ao crédito bancário;
  • Apoios IEFP - com acesso a linhas de crédito como Microinvest e Invest+;
  • Crowdfunding - financiamento colaborativo online;
  • Financiamento para jovens empresários.

4. Abra atividade nas Finanças

Para vender produtos deverá ter a sua situação regularizada junto das Finanças e da Segurança Social. Inscreva-se como trabalhador independente:

  • Preencha a Declaração de Início de Atividade numa repartição local ou através do Portal das Finanças (www.portaldasfinancas.gov.pt);
  • Faça o enquadramento na Segurança Social através do preenchimento do Mod. RV1000-DGSS (poderá obter o documento em www.seg-social.pt).

Este enquadramento é obrigatório para os artesãos cujos rendimentos ilíquidos sejam 6 vezes superiores ao IAS (Indexante dos Apoios Sociais). Estão isentos durante 12 meses os artesãos que iniciam a sua atividade pela primeira vez.

5. Adquira o Estatuto de Artesão

A carta de artesão é o reconhecimento profissional da área de artesanato. Se produz artesanalmente produtos alimentares ou não alimentares, pode ver a sua competência profissional reconhecida. O Estatuto de Artesão enquadra, define e regula o conjunto de atividades económicas associadas às Artes e Ofícios, estabelecendo o respetivo CAE (código de atividade económica).

O que é necessário para requerer o Estatuto de Artesão?

Para obter a carta de artesão tem de dedicar-se à atividade artesanal de forma profissional e exercer a atividade artesanal de forma legal, enquadrada no registo nacional de atividades artesanais.

Estes são os passos para obter o estatuto de artesão em portugal:

  1. Preencha e entregue o formulário do pedido de reconhecimento na AARN ou PPART;
  2. Anexe cópias do bilhete de identidade e do cartão de contribuinte;
  3. Como comprovativo da atividade artesanal, entregue um dos seguintes documentos (cópia de certificado de formação profissional, documento emitido por responsável de unidade produtiva artesanal ou descrição do percurso de aprendizagem não formal);
  4. Para comprovar o exercício de atividade artesanal a título profissional, entregue um dos seguintes documentos (cópia da declaração do início de atividade por conta própria, documento emitido por uma UPA reconhecida ou declaração do dador de trabalho para os artesãos enquadrados no regime de trabalho no domicílio).

Onde Vender Artesanato Online?

Se é artesão e vende os seus produtos, obviamente já sabe que o pode fazer em diversos locais, como locais de venda ambulante, feiras de artesanato ou lojas de artesanato, mas sabia que o pode fazer facilmente online? Pode criar o seu próprio site ou blog, utilizar as diversas redes sociais ou mesmo recorrer a diferentes marketplaces:

    Achou o artigo interessante?

    Software de Faturação e POS desde 4.99€/mês sem limites.
    30 Dias Gratuitos sem compromisso!

    Sobre o Vendus

    O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.