Como abrir uma papelaria em Portugal em 2021

Blog / Empreendedorismo / Como abrir uma papelaria em Portugal em 2021
Como abrir uma papelaria em Portugal em 2021

Pretende abrir uma papelaria? Que ótima ideia! Para ser sucedido e para que cumpra com todos os requisitos e siga todas as orientações legais, explicamos o que precisa saber para abrir uma papelaria!

O que é necessário para abrir uma papelaria

Existem alguns pontos que tem de prestar atenção quando cria a sua papelaria, assim como alguns procedimentos legais que tem de cumprir para estar em sintonia com a Autoridade Tributária (AT).

1. Papelaria própria ou Franchising

O primeiro ponto que tem de decidir é se vai criar uma papelaria com um conceito próprio ou se vai recorrer a franchising. Se optar por franchising, formato de negócio amplamente provado no mercado, informe-se sobre o setor, as oportunidades de franchising e os custos inerentes. Consulte oportunidades online, por exemplo, Copiplus ou Copigama.

2. Financiamento da Papelaria

Caso necessite de financiamento para abrir a sua papelaria de sonho, pode recorrer aos seguintes apoios:

  • Crédito bancário ou micro crédito - consulte diversos bancos e escolha a proposta mais vantajosa;
  • Apoios IEFP - com acesso a linhas de crédito como Microinvest e Invest+;
  • Crowfunding - financiamento colaborativo online;
  • Financiamento para jovens empresários - Finicia.

Conheça os apoios existentes para criação do próprio emprego.

3. Constituição da Empresa

Se decidir abrir uma empresa, vai precisar do Certificado de Admissibilidade de  Firma, celebrar a escritura pública, declarar o início da atividade, fazer a inscrição na Segurança Social e proceder ao registo comercial. Também pode optar por abrir atividade como trabalhador independente. Encontre respostas para as principais questões sobre ser Empresário em Nome Individual.

Se optar por criar empresa, a melhor forma é recorrer a um Balcão de Empresa na Hora. Saiba mais como abrir uma empresa em Portugal, independentemente da área de negócio.

4. Localização da Papelaria

Quer pretenda criar uma papelaria de raiz ou optar por um franchising de sucesso, a localização é um ponto fundamental. Escolher um local movimentado, bem visível e de fácil acesso, numa zona sem este tipo de negócio, é fundamental. Considere estes pontos relativamente à localização da papelaria:

  • Preço de arrendamento de acordo com o orçamento estipulado;
  • Condições de higiene e de segurança dentro dos padrões legais;
  • Infraestrutura existente – luz, água, telefone, internet;
  • Estacionamento próprio ou nas proximidades e/ou rede de transportes públicos nas imediações;
  • Preferencie lojas ao nível da rua, para maior visibilidade ou no shopping, lojas junto à entrada principal, às escadas rolantes ou à praça de alimentação.

5. Licenciamento da Papelaria

Com o Licenciamento Zero, a abertura da papelaria pode ser feita sem vistoria e emissão de alvará prévios. No entanto, é necessário declarar o comprometimento com a legislação em vigor e assumir responsabilidade perante o cumprimento de todos os requisitos legais e de funcionamento da atividade que constam na Portaria nº 789/2007 de 23 de julho (junto da Câmara Municipal). Este regime simplificado só se aplica quando não há necessidade de obras e quando o local tem licença válida de utilização para comércio.

    6. Programa de Faturação

    Para faturar bem e legalmente é importante que tenha um programa de faturação certificado, que vá de encontro às suas necessidades e que permita registar e controlar as vendas da papelaria em segundos. É o caso do Vendus - software de faturação online - que apenas por 8€/mês disponibiliza várias funcionalidades. Experimente grátis e usufrua imediatamente:

    • Pagamento mensal ou anual de baixo custo;
    • Gestão de stock;
    • Apresentação de estatísticas e relatórios;
    • Compatível com impressoras de talões e impressoras A4;
    • Atualizações gratuitas;
    • Suporte por telefone, email e chat.

    O que pode vender numa Papelaria

    Hoje em dia, uma papelaria vende mais do que apenas produtos relacionados com papel, aliás, a versatilidade é um dos pontos fortes deste tipo de negócio. Assim, existe um conjunto de artigos e serviços que fazem sentido numa papelaria:

    Papel e artigos relacionados
    Estes deveriam ser os produtos base de qualquer papelaria: diversos tipos de folhas de papel, dossiers e outros tipos de organização, lápis variados, canetas, marcadores, entre outros materiais.

    Centro de Cópias
    Com apenas uma máquina profissional de reprografia pode ampliar os serviços que presta e trazer muitos clientes à sua papelaria. Serviços complementares como encadernação também podem ser uma boa fonte de retorno financeiro.

    Tabacaria
    Disponibilizar uma gama de produtos para fumadores pode ser mais um serviço que presta aos seus clientes. Por exemplo, cigarros, charutos e outros relacionados.

    Agentes da Santa Casa
    Pode optar por registar jogos sociais como o Totoloto e Euromilhões. As concessões da Santa Casa da Misericórdia não são fáceis de obter, estando sujeitas a concursos, mas podem ser um bom investimento e trazer muitos clientes à papelaria.

    Quanto custa abrir uma Papelaria em Portugal

    Antes de abrir uma papelaria tem de fazer um plano de negócios ajustado à sua realidade. Pesquise o mercado e a concorrência e trace um plano financeiro que contemple o valor que tem de investir, quanto tempo precisa para recuperar esse valor e o lucro que poderá ter com a papelaria. Tenha em conta toda a informação financeira antes de tomar uma decisão final, nem sempre uma boa ideia é um negócio rentável!

    Despesas de Investimento para uma Papelaria

    Estas são algumas despesas iniciais que poderá ter ao abrir uma papelaria:

    • Despesas com Franchising (se for o caso);
    • Obras de preparação e remodelação do espaço;
    • Equipamento básico (balcão, expositores, etc);
    • Decoração do espaço;
    • Software e equipamento informático;
    • Custos não previstos.

      Custos Fixos de uma Papelaria

      Mensalmente terá um conjunto de custos associados ao negócio da papelaria, que deverá ter em conta:

      • Despesas com fornecedores;
      • Vencimentos dos colaboradores e respetivas obrigações sociais;
      • Renda e/ou pagamento de empréstimo;
      • Despesas com água, luz, telefone e internet;
      • Serviços de limpeza;
      • Serviços de contabilidade e seguros;
      • Marketing, promoção e publicidade;
      • Manutenção de equipamentos.

      Para tratar das questões financeiras e fiscais considere contratar um contabilista. Desta forma, assegura que cumpre todos as obrigações fiscais e legais existentes.

      Software de Faturação e POS desde 4€/mês sem limites.
      30 Dias Gratuitos sem compromisso!

      Sobre o Vendus

      O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.