Saiba como Abrir um Mini Mercado em Portugal

Blog / Empresas / Saiba como Abrir um Mini Mercado em Portugal
Saiba como Abrir um Mini Mercado em Portugal

Listamos alguns passos que deve considerar antes de abrir um minimercado.

 

O que é Necessário para Abrir um Minimercado?

Abrir um minimercado implica planear e estruturar, para que seja uma ideia de negócio bem sucedida.

Planeamento do Minimercado

Teve a ideia de abrir um minimercado, mas agora tem de planear bem o seu negócio. Decida se quer criar um minimercado de raíz, renovar um estabelecimento já existente ou escolher um franchising. Deve também decidir quais os tipos de produtos que irá disponibilizar aos seus clientes:

  • Produtos alimentares básicos: vegetais, legumes, frutas, lacticínios, carnes e peixes;
  • Produtos de limpeza;
  • Produtos de higiene pessoal;
  • Produtos de bazar e papelaria.

Se optar por franchising, formato de negócio amplamente provado no mercado, informe-se sobre o setor, as oportunidades de franchising e os custos inerentes. Consulte oportunidades online, por exemplo:

Licenciamento do MiniMercado

Com o Licenciamento Zero a abertura do minimercado pode ser feita sem vistoria e emissão de alvará prévios. No entanto, os empreendedores necessitam declarar o comprometimento com a legislação em vigor e assumir responsabilidade perante o cumprimento de todos os requisitos legais e de funcionamento da atividade que constam na Portaria nº 789/2007 de 23 de julho (junto da Câmara Municipal). É importante referir  que este regime simplificado só se aplica quando não há necessidade de obras e quando o local tem licença válida de utilização para comércio.

Custos do Minimercado

Avalie quanto custa abrir o minimercado que pretende. Identifique o investimento necessário e todos os custos associados iniciais, assim como mensais:

  • Obras de remodelação do espaço;
  • Equipamento básico (balcão, expositores, prateleiras);
  • Equipamento específico (balanças, cestos de compras, etiquetadoras, máquinas de cortar);
  • Sistema de climatização;
  • Software e equipamento informático;
  • Despesas com fornecedores;
  • Vencimentos dos colaboradores e respetivas obrigações sociais;
  • Renda e/ou pagamento de empréstimo;
  • Despesas com Franchising (se for o caso);
  • Despesas com água, luz, gás;
  • Serviços de limpeza;
  • Serviços de contabilidade e seguros;
  • Manutenção de equipamentos.

    Financiamento do Minimercado

    Caso necessite de financiamento para abrir o minimercado, pode recorrer aos seguintes apoios:

    • Crédito bancário ou microcrédito - consulte diversos bancos e escolha a proposta mais vantajosa;
    • Apoios IEFP - com acesso a linhas de crédito como Microinvest e Invest+;
    • Crowfunding - financiamento colaborativo online;
    • Financiamento para jovens empresários - Finicia.

    Contratação de Pessoal para o Minimercado

    Por norma, será necessário contratar dois colaboradores, um para organizar/repor os produtos e o outro para estar na caixa e apoiar as necessidades do cliente. Naturalmente, que se estiver numa zona mais movimentada ou tiver um espaço mais amplo, terá de contratar mais colaboradores.

    É muito importante que encontre colaboradores com excelentes capacidades interpessoais e organizativas, simpatia e agilidade.

    Contratação de Serviços para o Minimercado

    Para faturar legalmente necessita de ter um programa de faturação certificado, que vá de encontro às suas necessidades e que permita registar e controlar as suas vendas rapidamente. Por exemplo, o Vendus - software de faturação online - que funciona no portátil, telemóvel e tablet:

    • Rápido e sem instalação necessária;
    • Pagamento mensal ou anual de baixo custo;
    • Gestão de stock;
    • Gestão de compras;
    • Apresentação de estatísticas e relatórios;
    • Compatível com impressoras de talões e impressoras A4;
    • Atualizações gratuitas;
    • Suporte por telefone, email e chat.

    Onde Montar um Minimercado?

    Escolher a localização do minimercado é extremamente importante. Faça uma análise da zona geográfica onde se pretende instalar e espreite a concorrência. Assim, consegue informações relevantes sobre os seus potenciais clientes, as suas características e os seus gostos. Com esta análise também é possível encontrar o fator de destaque que vai evidenciar o seu minimercado!

    Localização do Minimercado

    Quer planeie remodelar um estabelecimento existente ou criar um de raíz, a localização é um ponto essencial para o sucesso. Deverá ser numa zona movimentada e com acesso fácil por parte dos clientes, entre outros requisitos:

    • Preço de arrendamento de acordo com o orçamento estipulado;
    • Condições de higiene e de segurança dentro dos padrões legais;
    • Infraestrutura existente – luz, água, telefone, internet;
    • Estacionamento nas proximidades e rede de transportes públicos nas imediações.


    Software de Faturação e POS desde 4€/mês sem limites.
    30 Dias Gratuitos sem compromisso!

    Sobre o Vendus

    O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.