FBC

O que é Regime Forfetário de IVA e a quem se aplica?

O que é Regime Forfetário de IVA e a quem se aplica?

O que é o Regime Forfetário de IVA?

É uma compensação dada aos produtores agrícolas que, por estarem isentos de IVA ao abrigo do artigo 53.º, não conseguem deduzir IVA pago aos fornecedores. Deve ser solicitada à Autoridade Tributária e Aduaneira por via eletrónica (até 20 de janeiro ou 20 de julho) ou num balcão das Finanças, desde que sejam cumpridas as seguintes condições:

  • Não possuir, nem ser obrigado a possuir contabilidade organizada;
  • Não importar, exportar ou realizar atividades conexas;
  • Não efetuar transmissões de bens ou prestações de serviços previstas no anexo E do CIVA;
  • Não ter atingido um volume de negócios superior a 10 mil euros no ano civil anterior;
  • Não beneficiar do regime de tributação dos combustíveis líquidos, previsto no artigo 69.º do CIVA.

A quem se aplica o Regime Forfetário de IVA?

Os produtores agrícolas que cumpram as condições referidas e que realizem as seguintes operações agrícolas podem recorrer a esta compensação forfetária:

  • Agricultura em geral: fruticultura (incluindo a oleicultura), horticultura floral e ornamental (mesmo em estufas), produção de cogumelos, de especiarias, de sementes, de material de propagação vegetativa, exploração de viveiros e viticultura;
  • Criação de animais relacionada com a exploração do solo: avicultura, cunicultura, sericicultura, helicicultura e apicultura;
  • Culturas aquícolas e piscícolas;
  • Silvicultura;
  • Transmissões de produtos agrícolas: diretamente das explorações próprias, decorrentes do exercício das atividades enumeradas no anexo F ao CIVA.

Como Aderir ao Regime Forfetário de IVA?

Para poder usufruir da compensação forfetária, é necessário preencher e entregar uma declaração semestral através do Portal das Finanças ou num dos serviços locais, até 20 de janeiro e 20 de julho. Nesta declaração devem constar os valores das transmissões de bens e das prestações de serviços realizadas no semestre anterior, assim como o nif (número de identificação fiscal) dos adquirentes e destinatários.

Após analisar o pedido, a Autoridade Tributária paga a compensação devida, no prazo máximo de 45 dias desde a apresentação do pedido. O valor da compensação forfetária é o resultado da aplicação de uma taxa de 6% sobre o total das vendas e das prestações de serviços agrícolas.

No momento em que as condições exigidas para aderir ao regime forfetário cessarem, é obrigatório entregar a declaração de alterações durante o mês de janeiro do ano seguinte. A Autoridade Tributária também tem o direito de cessar o regime forfetário, notificando para apresentação de declaração no prazo de 15 dias.

Veja também:

O Vendus é fácil e intuitivo. Além disso não existe qualquer compromisso ou fidelização.
Tânia Ribas
Experimentar Grátis


Software de Facturação POS por € 10/mês sem limites.

30 Dias Gratuitos sem compromisso. Utilize o seu computador e impressora atuais!

Experimente 30 Dias Grátis