Qual o investimento para abrir um ginásio em Portugal em 2021

Blog / Empreendedorismo / Qual o investimento para abrir um ginásio em Portugal em 2021
Qual o investimento para abrir um ginásio em Portugal em 2021

O setor do  desporto e fitness em Portugal, sofreu em 2020 uma quebra na faturação superior a 50%, devido à pandemia causada pelo COVID-19. segundo a All United Sports. No entanto, em 2022 é esperado haver uma recuperação do setor. Por isso, se pretende abrir um ginásio nos próximos meses, explicamos-lhe como e quais os investimentos que deverá fazer.

Antes de qualquer coisa, é importante perceber que pode criar um ginásio de duas formas - por conta própria ou em contrato de franchising. Caso pretenda ter uma grande autonomia, flexibilidade e criar algo completamente diferente, ter um negócio por conta própria será o ideal, apesar dos custos acrescidos, pouca formação e acompanhamento. Em alternativa, criar um ginásio em franchising facilita-lhe o processo, requer menor investimento inicial e oferece um maior acompanhamento e formação. Conheça alguns dos franchisings mais conhecidos em Portugal aqui.

Depois disto definido, é importante que conheça bem o mercado onde se vai inserir, sabendo como é a concorrência, o seu público-alvo, a regulamentação em vigor, as novas tendências, entre outros fatores. Além disso, é importante que faça um plano de negócios para o seu ginásio que inclua essa análise e toda a sua ideia em detalhe, para que possa ter algo estruturado e organizado do que pretende. Saiba mais sobre como abrir uma empresa em 2021 aqui.

Posto isto, conheça os diferentes fatores onde deve investir para criar um ginásio em Portugal:

Localização

Para um negócio deste tipo, umas das coisas mais relevantes a investir é na localização do seu espaço, que pode ser um dos fatores cruciais para o levar ao sucesso. Por isso, é importante que invista num local que seja perto do público-alvo que pretende alcançar, com uma boa acessibilidade em termos de transportes públicos e pessoais e com estacionamento perto e com lugares disponíveis face à quantidade de clientes.

Licenças, Legislação e Seguros

Existem fatores obrigatórios para criar um negócio próprio e licenças e legislações que terá de cumprir, dependendo do tipo do negócio, atividades e modalidades que incluirá. No caso de abertura de um ginásio, deverá ter em consideração, pelo menos, 3 licenças:

  • Licença de autorização de utilização do espaço para instalação desportiva, segundo o Decreto-Lei nº 141/2009 de 16 de junho alterado pelo DL n.º 110/2012, de 21 de maio, requerida à Câmara Municipal correspondente para que possa abrir o espaço. Se no prazo de 10 dias a Câmara não der resposta, deve apresentar uma comunicação prévia pelo balcão único eletrónico com a identificação das atividades, declaração de responsabilidade de que as instalações cumprem todos os requisitos adequados ao exercício das atividades a praticar e cópia do regulamento de funcionamento das instalações desportivas, instruções de segurança e planos de evacuação, nos termos da legislação em vigor.

  • Licença para utilização de música nas salas de aula/treino e similares, requerida à PassMúsica, que é o Serviço de Licenciamento legalmente registado em Portugal para conceder essa autorização genérica em nome de produtores e artistas. Os custos podem variar conforme o tamanho do espaço.

  • Certificado de formação do Diretor Técnico, conforme definido no artigo 16.º da Lei n.º 39/2012 , de 28 de agosto, em que é obrigatória a afixação, em cada instalação desportiva e em lugar bem visível para os utentes, a identificação do ou dos Diretores Técnicos e os respetivos horários de trabalho.

Para algumas modalidades desportivas, como o Crossfit, é necessário também uma licença como afiliado oficial. Deve informar-se bem relativamente a cada modalidade que pretenda oferecer. Adicionalmente, todos os ginásios são obrigados a disponibilizar livro de reclamações e a exibir um sinal certificado de anti-tabagismo.

Segundo o sistema de classificação das atividades económicas (CAE), o código para as atividades de ginásio e fitness é CAE 93130. Caso tenha, por exemplo, aulas de yoga ou natação, o CAE é 85510 e se tiver serviços de banho turco, sauna e spa, o CAE é o 96040, saiba qual é o limite de CAE por empresa.

É também de caráter obrigatório para todos os ginásios a existência de Seguros de Acidentes Pessoais e Responsabilidade Civil que cubram os riscos decorrentes da sua atividade, estando em local visível para os clientes, segundo o 17.º da Lei n.º 39/2012, de 28 de agosto.

Espaços

Caso pretenda criar o seu ginásio de raiz, deverá investir uma grande percentagem de investimento total no terreno e na construção do espaço.

Existem espaços mandatórios, como a recepção, sala de administração e balneários femininos e masculinos, com zona de cacifos, sanitária e de duche. Adicionalmente, necessitará de ter salas dedicadas a aulas de grupo, salas para musculação com equipamentos e espaço para alongamentos e aquecimento. Poderá também fazer sentido ter uma sala para avaliação física e nutricional e um espaço de restauração com venda de produtos desportivos ou relacionados com o ramo.

Existem ginásios com espaço para piscina, jacuzzi e/ou sauna e é evidente que, para ter esse tipo de espaços, necessita de um valor de investimento acrescido, tanto em termos de custos como de área física.

Colaboradores

As pessoas que contrata serão sempre os melhores e decisivos  investimentos que poderá fazer, porque serão elas que irão representar o negócio e ter contacto direto com os seus clientes. Por isso, para qualquer tipo de negócio, e em especial para este, é essencial que exista uma grande qualificação dos profissionais contratados, em termos de qualificações técnicas, bom atendimento ao público, boa capacidade de comunicação e de ensino, bem como interesse e disponibilidade para fazer crescer o negócio.

Adicionalmente, é importante investir alguns recursos financeiros na formação da sua equipa, para que possa prestar um serviço de mais qualidade e especializado aos seus clientes.

Equipamentos

Dependendo do tipo e objetivo do ginásio, é imprescindível que tenha os equipamentos desportivos ( como máquinas de musculação) e administrativos (como computadores, TV, sistemas de som, equipamentos de rede, mesas, cadeiras) adequados ao objetivo do ginásio, com a maior qualidade e sofistificação, pois podem ser também elementos diferenciadores do seu negócio. Conheça 10 fornecedores de equipamento de fitness e musculação (Linkar para o artigo do Blog quando estiver online).

Softwares

De forma a ter um sistema de informação integrado, é essencial que invista em softwares que o ajudem a gerir o seu negócio de forma mais automatizada, segura e sofisticada, que estejam adequados à dimensão do ginásio e aos seus objetivos. Entre esses softwares, é muito importante ter um de contabilidade, de faturação, de CRM e de marcação de aulas, bem como gestão de planos de treino.

O Vendus é um software de faturação online, com várias APIs e integrações,oferecendo ligação a softwares como Regibox, Aircouts, entre outras aplicações, permitindo gerir e faturar em segundos.

Comunicação | Publicidade

Quando abre um negócio, deve criar uma estratégia de comunicação e branding alinhada com o tipo de serviço que oferece e os valores e missão da empresa, que o faça posicionar e destacar face ao seu público-alvo.

Mesmo durante o seu funcionamento durante os anos seguintes, deve manter uma comunicação ativa e alinhada com os seus objetivos.

Estar presente nas redes sociais ou até ter um site próprio é essencial neste tipo de negócio e requer um grande investimento dos seus recursos. Não adianta ter um serviço de excelência, com as melhores instalações e profissionais, se o seu público-alvo não o conhece, por isso invista tempo e dinheiro neste fator.

Onde deve investir?

- Imóveis, como mesas, cadeiras, armários, bancos;

- Equipamentos desportivos, como máquinas de musculação, pesos, bicicletas;

- Equipamentos informáticos, desde computadores, monitores, impressoras;

- Serviços de comunicações e redes, eletricidade, contabilidade, faturação, limpeza;

- Colaboradores para os diferentes espaços, como receção e técnicos desportivos, incluindo a formação requerida;

- Sistemas de ar condicionado, refrigeração do ar;

- Licenças, legalização, seguros e outro tipo de documentação.


Apesar de todo o investimento inicial, é importante saber quanto custa abrir e manter um ginásio em Portugal, em que deve considerar os custos fixos mensais que terá, assim como alguns custos variáveis:

- Salários dos colaboradores, que inclui também os seus seguros;

- Renda do espaço, caso esteja a alugar;

- Pagamento de empréstimo, caso tenha contraído como forma de financiamento;

- Despesas de água, luz, internet, telefone;

- Serviços de limpeza;

- Serviços e softwares de contabilidade, faturação, comunicação e entre outros;

- Manutenção dos equipamentos;

- Investimento para comunicação e marketing.

Como é possível verificar, abrir um ginásio requer algum investimento e gestão de recursos. Quantificar o investimento depende sobretudo da área do espaço, serviços a oferecer, entre outros fatores,que afetam diretamente o volume de investimento necessário numa fase inicial.

Sugerimos a elaboração de um plano de negócios, que tenha em consideração as particularidades do seu negócio, bem como o crescimento do negócio a curto/médio prazo.

Software de Faturação e POS desde 4€/mês sem limites.
30 Dias Gratuitos sem compromisso!

Sobre o Vendus

O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.