O que é a Semana de Trabalho de 4 dias e como vai funcionar em Portugal?

Blog / Recursos Humanos / O que é a Semana de Trabalho de 4 dias e como vai funcionar em Portugal?
O que é a Semana de Trabalho de 4 dias e como vai funcionar em Portugal?

Ainda não é uma realidade alargada em Portugal, mas a semana de 4 dias de trabalho já foi testada noutros países com sucesso. 2023 será o ano de projetos piloto tanto no setor público como em algumas empresas privadas em Portugal.

Neste artigo explicamos em que consiste e como poderá funcionar a semana de trabalho de 4 dias, mostramos alguns exemplos de empresas que já começaram a implementar este sistema em Portugal e sugerimos algumas ideias de como implementar este modelo de trabalho na sua empresa!

O que é a Semana de Trabalho de 4 dias?

Essencialmente, a semana de 4 dias que se tem vindo a falar, refere-se a uma redução de horas semanais sem perda de vencimento. Em vez de 5 dias de trabalho por semana, os colaboradores das empresas exercerão as suas funções em apenas 4 dias efetivos de trabalho.

As vantagens para o trabalhador são óbvias, mais tempo para lazer e para tratar de assuntos pessoais e, naturalmente, maior motivação na execução das suas tarefas profissionais. Idealmente, as empresas beneficiarão de uma equipa motivada, com maior índice de satisfação e produtividade.

Como é que funciona a Semana de 4 dias de Trabalho?

A lei laboral portuguesa já contempla o chamado “horário concentrado”, uma forma de reduzir o número de dias em que se trabalha por semana. No entanto, este modelo mantém as 40 horas semanais, aumentando o número de horas diárias nos dias que se trabalha.

A semana de 4 dias de trabalho parte de pressupostos diferentes. Embora não exista um processo definitivo para implementar a semana de 4 dias de trabalho, há algumas orientações gerais que vão ser utilizadas nos diferentes projetos pilotos:

  • Redução efetiva da carga horária sem perda de remuneração;
  • Meio-dia à escolha (segunda-feira de manhã ou sexta-feira à tarde) e menos uma hora nos restantes dias da semana;
  • Dia completo à escolha, normalmente segunda ou sexta-feira;
  • Monitorização do impacto nas áreas de produtividade, bem-estar, satisfação e motivação, atração e retenção de talento.

Que empresas já implementaram a semana de 4 dias?

A implementação deste modelo de trabalho não é obrigatória, mas existem algumas empresas que já a concretizaram com sucesso em diversos países e até mesmo em Portugal.

No Japão, a Microsoft experimentou a semana de 4 dias durante o período de um mês. O resultado foi uma redução de 23% nas despesas com energia, um aumento de 40% na produtividade e 90% dos colaboradores manifestaram a sua satisfação com a mudança.

A tecnológica Alida, em Toronto, implementou um piloto da semana de 4 dias em junho de 2022. Desde então, os cerca de 500 colaboradores da empresa não trabalham às sextas-feiras, sem perda de salário. A empresa afirma que a medida visa obter um maior equilíbrio familiar/profissional para os colaboradores, ajudando-os na sua saúde mental. O teste piloto também teve um impacto enorme na retenção dos colaboradores, numa época em que as empresas enfrentam escassez de talento. A Alida pretende incluir este modelo como um benefício permanente para os colaboradores após avaliação dos resultados.

Desde setembro de 2022, os colaboradores da editora de jogos Rogue Games têm a sexta-feira livre, com a adoção da semana de 4 dias como um novo modelo de trabalho permanente. A empresa afirma que existem desafios na implementação deste modelo, mas acredita que o dia extra e o fim de semana de 3 dias permanente será fundamental para a vida dos colaboradores da empresa e acredita que este novo modelo irá encorajar maior produtividade e foco das pessoas enquanto estiverem a trabalhar.

A AmpliReflex, empresa portuguesa de conservação e reabilitação na área do ambiente, reduziu o horário laboral para 32 horas semanais durante 4 dias de trabalho. As principais vantagens salientadas pelo responsável da empresa prendem-se com uma maior flexibilidade e desempenho dos colaboradores e um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

A 360 Imprimir, gráfica online portuguesa, para além de encerrar os seus espaços físicos nas cidades de Braga e Lisboa para funcionar 100% remote, está a implementar a semana de 4 dias de trabalho desde o mês de outubro de 2022.

Dicas para implementar a semana de 4 dias na sua empresa!

Como já mencionamos, a implementação da semana de 4 dias de trabalho na sua empresa pode trazer vários benefícios, tanto para os colaboradores quanto para a empresa. Em primeiro lugar, os colaboradores terão mais tempo livre para se dedicar a assuntos pessoais e lazer, o que pode aumentar a satisfação no trabalho e a qualidade de vida. Isso pode, por sua vez, levar a um aumento na produtividade e motivação da equipa, na medida em que os trabalhadores estarão mais descansados e felizes.

Além disso, a semana de 4 dias pode ser uma ótima estratégia de retenção de talentos, pois, pode ser vista como um benefício atrativo para os colaboradores.

Para implementar a semana de 4 dias de trabalho, é importante considerar o impacto que isso terá na sua empresa e no trabalho dos colaboradores. Com um bom planeamento e comunicação efetivos, a implementação da semana de 4 dias pode ser bem-sucedida e trazer vários benefícios para a sua empresa e colaboradores:

  1. Planeie cuidadosamente a estratégia de implementação da semana de 4 dias na sua empresa;
  2. Comunique claramente o novo modelo de trabalho a todos os colaboradores, explicando o objetivo e como isso afetará o dia a dia no trabalho.
  3. Garanta que todas as tarefas podem ser concluídas no período de 4 dias e que não haverá falhas no atendimento a clientes ou parceiros de negócios;
  4. Monitorize o impacto da mudança e esteja disposto a ajustar o modelo conforme necessário para garantir o sucesso da implementação;
  5. Disponibilize apoio e formação aos colaboradores, para que possam adaptar-se ao novo modelo de trabalho, maximizando os benefícios da semana de 4 dias.
Achou o artigo interessante?

Software de Faturação e POS desde 4.99€/mês sem limites.
30 Dias Gratuitos sem compromisso!

Sobre o Vendus

O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.