O que é Agricultura Biológica?

Blog / Empreendedorismo / O que é Agricultura Biológica?
O que é Agricultura Biológica?

Cada vez mais as novas gerações pretendem ser mais ativas e responsáveis social e ecologicamente em todas as atividades do seu dia a dia, adaptando os seus hábitos, através de medidas de poupança de água e luz, a utilização de transportes e até a uma alimentação equilibrada e sustentável. Assim é como surge a agricultura biológica!

Mas em que consiste a agricultura biológica?

A agricultura biológica, também conhecida como “agricultura orgânica”, “agricultura ecológica” ou “agricultura natural” é um modo de produção de alimentos vegetais ou animais e fibras têxteis, de elevada qualidade e saudáveis, promovendo, em simultâneo, práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema.

Neste âmbito são utilizadas técnicas de prevenção como as rotações, adubos verdes, compostagem, consociações, instalação de sebes vivas, entre outros mecanismos, que promovem a fertilidade do solo e a biodiversidade.

No que respeita ao tratamento dos animais, são utilizados outros métodos, como a luta biológica, a captura em massa com atrativos alimentares e/ou sexuais, o uso de feromonas para impedir o acasalamento de pragas, entre outros.

Este tipo de prática tem como objetivo não recorrer à aplicação de pesticidas ou adubos químicos nas culturas ou organismos geneticamente modificados. Para que tal aconteça, quando a combinação dos métodos preventivos aplicados não é suficiente para evitar prejuízos significativos, em último recurso, podem aplicar-se produtos fitofarmacêuticos de origem mineral, vegetal, animal ou microbiana, em número e de impacto ambiental reduzidos, toxicológico e ecotoxicológico mínimo ou nulo.

Os métodos utilizados devem constar no Anexo II do Regulamento CE 889/2008, de 5 de setembro e estar homologados em Portugal no âmbito da legislação específica.

Relativamente à legislação no continente europeu, foi criado Regulamento (CE) n.º 834/2007 do Conselho de 28 de junho para delinear as normas a cumprir no que diz respeito à produção biológica e à rotulagem dos produtos biológicos, cujo cumprimento é controlado e certificado por organismos acreditados. Foi, ainda, estabelecido o logótipo europeu da agricultura biológica, que reconhece os produtos provenientes da mesma:

Agricultura Biológica - Logótipo Europeu

Quais as vantagens deste tipo de agricultura?

  • Garantir a saúde dos consumidores ao evitar a utilização de resíduos químicos nos alimentos, promovendo uma alimentação saudável e natural, e o aparecimento de algumas doenças que afetam grande parte da população, como os diabetes, hipertensão ou outras doenças cardiovasculares, cancro e outro tipo de problemas;

  • Salvaguardar a saúde dos produtores, como os agricultores, ao evitar o contacto com químicos nocivos durante o seu trabalho;

  • Preservar o ambiente através da prevenção de contaminação dos solos, água e ar, por poluentes utilizados no exercício da atividade. Por exemplo, o Roteiro Nacional para a Neutralidade Carbónica (2050) considera a agricultura biológica como o principal driver para a descarbonização,  referindo que a sua expansão pode potenciar a diminuição dos gases com efeito de estufa para o planeta;

  • Permitir o aumento da biodiversidade local, através do uso de produtos naturais no cuidado e tratamento das explorações agrícolas, preservando os espaços rurais e satisfazendo as necessidades de gerações futuras;

  • Maior riqueza nutricional, sabor, aroma, textura e cor nos produtos biológicos, ao serem mais ricos em vitaminas, sais minerais, proteínas e glúcidos, comparando com os produtos provenientes da agricultura convencional.

  • Criar novos empregos em zonas de cultivo de produtos biológicos;

  • Diminuir as desigualdades entre as zonas do interior e o litoral do país, combatendo o abandono do interior do país;

  • Todos os produtos são controlados e certificados por organismos de certificação de agricultura biológica, que garantem a qualidade e cumprimento de todas as normas por parte dos produtos assinalados e certificados como biológicos.

E existem desvantagens?

  • Normalmente, os produtos biológicos têm uma aparência menos “apetecível”, considerando o brilho, tamanho e outros fatores, uma vez que não são utilizados químicos para produzir esses mesmos efeitos;

  • Os alimentos têm uma durabilidade mais reduzida que os produtos convencionais, uma vez que estão expostos aos efeitos naturais e não são controlados por conservantes;

  • O  preço dos produtos biológicos é mais elevado em comparação com os produtos derivados da agricultura convencional, uma vez que os seus  sistemas produtivos são mais lentos e necessitam de mais mão-de-obra.

A agricultura biológica em Portugal

Os hábitos de consumo da população estão a sofrer algumas mudanças e existe uma clara tendência de adoção de uma vida saudável e sustentável, o que faz com que em Portugal já existam 4.000 explorações agrícolas certificadas para a produção biológica, segundo a edição do Recenseamento Agrícola do Instituto Nacional de Estatística, que analisa a evolução agrícola entre 2009 e 2019, tendo sofrido um aumento de 214% entre estes 10 anos.

Pode-se identificar um crescimento no mercado e uma necessidade também crescente de produção, principalmente nas frutas, legumes e em algumas matérias-primas de base, como cereais, arroz, leguminosas, entre outras.

Face ao desenvolvimento desta preocupação, foi proposta uma Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica (ENAB) e um Plano de Ação (PA) para a produção e promoção de produtos biológicos, em que foram definidas 10 metas estratégicas para os próximos anos, com vista a fortalecer este setor.

Pretende criar um negócio focado neste tipo de agricultura?

As áreas de Agricultura Biológica estão a crescer anualmente em todo o mundo, mostrando-se como uma alternativa clara à agricultura convencional, com um conjunto de vantagens bastante fortes associadas, não só a nível social como a nível ambiental e económico.

Se pretende ser um jovem agricultor de produtos biológicos ou montar um projeto agrícola, conheça todos os passos que deve seguir aqui.

Software de Faturação e POS desde 4€/mês sem limites.
30 Dias Gratuitos sem compromisso!

Sobre o Vendus

O Vendus é um programa de facturação certificado online que permite gerir uma loja em qualquer lugar pois funciona 100% na cloud. Como é um software POS online, permite faturar em segundos num restaurante, bar, cabeleireiro ou qualquer outro tipo de comércio.